Dois anos suportando Bergoglio

Já estamos há dois anos suportando Bergoglio à frente da igreja conciliar. As pessoas começam a criticá-lo um pouco mais, porém ainda muito timidamente em comparação à enormidade dos males que este homem tem provocado. Muito mais explícito do que seus antecessores, Bergoglio não faz a mínima questão de esconder a que veio: tentar destruir o que ainda resta da Igreja. Ratzinger foi o mais dissimulado, embora seu “coração tradicional” não passasse de maquiavelismo. Mas Bergoglio é explícito demais para enganar qualquer católico minimamente formado. Por tudo isso, reitero o que disse um ano atrás sobre este impostor e recomendo um novo artigo sobre os absurdos por ele cometidos:

https://intribulationepatientes.wordpress.com/2014/03/16/um-ano-depois-da-eleicao-de-bergoglio/

http://www.confrariadesaojoaobatista.blogspot.com.br/2015/03/cuidado-o-papa-francisco-se-afasta-da.html