Jesus Cristo ressuscitou!

Jesus Cristo ressuscitou! Ele venceu a morte, o pecado, o inferno.

Mas, para isto, ele enfrentou a terrível Paixão e morte na Cruz. Em um livro que encerra grande sabedoria, a “Imitação de Cristo”, lemos que “muitos seguem a Jesus até ao partir do pão, poucos, porém, até ao beber do Cálice de sua paixão”. Hoje o pior espetáculo de covardia é dado pelos falsos tradicionalistas, que conhecem a fundo a crise na Igreja mas, em vez de combater o bom combate, preferem se acomodar com um “selo de legalidade” oferecido por hereges que não têm, eles mesmos, legalidade nenhuma. Outros colocam como meta conseguir uma missa tridentina “regularizada”, mesmo que isto custe cessar todo denúncia contra os usurpadores. Como se o Tesouro da Fé não fosse o bem mais precioso que temos que guardar a todo custo. Até a morte devemos enfrentar, mas alguns não querem sequer enfrentar as falsas acusações de desobediência.

Neste momento em que a Igreja sofre a sua Paixão, peçamos forças a Deus para sofrermos junto com Ela, a fim de merecermos a Glória futura. Cristo venceu a morte em Sua própria carne, e Ele também dará a vitória à Sua Santa Igreja, que agora está desfigurada, como esteve o Senhor na Cruz.

Feliz Páscoa a todos e que este momento de alegria nos fortaleça na esperança da Glória futura, prometida àqueles que perseverem até o fim.

12 de Outubro: festa de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil

Neste dia 12 de Outubro, manifesto minha devoção e agradecimento à nossa padroeira. Devoção que todo cristão deveria ter pela Mãe do Salvador, concebida sem pecados, imaculada, sempre virgem Maria, Gratidão porque, em meio a tanta apostasia, o nosso país é um daqueles onde há brava e aguerrida resistência católica contra o modernismo generalizado. Que Ela possa também interceder a Deus por nosso país e por todos os outros que sofrem iguais ameaças de descristianização, e também por aqueles que sofrem a perseguição sangrenta, especialmente, neste momento, na Síria.

Mas não posso deixar de manifestar também o meu desagravo contra a recente entronização de uma “deusa” grega na basílica de Nossa Senhora Aparecida. Certo que a Justiça é uma virtude muito importante e necessária em todos os níveis, inclusive o nacional, que era o objetivo que eles pretendiam manifestar. Acontece que, utilizar um símbolo pagão, e ainda mais entronizado em uma basílica católica, isto só pode ser feito por pessoas que perderam a noção da Fé. Mas podemos esperar o que, depois de um “sem noção” colocar uma bola verde e amarela no altar da basílica de Santa Maria Maior…

O momento é de imprescindível obrigação de trabalhar pela restauração da Tradição, da sacralidade, do reinado social de Nosso Senhor Jesus Cristo, e também de realizar desagravos pelas incontáveis afrontas promovidas pela “igreja” conciliar.

Mensagem de Natal

Aproxima-se mais um Natal de Nosso Senhor. O mundo agitado e dessacralizado em que vivemos não tem tempo para refletir a grandeza deste momento. O homem caído, esmagado por uma dívida que jamais poderia pagar, não ficou abandonado. Mas Deus mesmo veio em seu auxílio, e pagou muito mais do que o homem devia. Qual não deve ser nosso reconhecimento para com Aquele que assumiu a nossa carne e se tornou Nosso Redentor?

Continuar lendo